Andava a fugir... a fugir...


A pedido da avó Celeste, que já se queixou que o blog anda fraquito, enchi-o de fotos e até um video coloquei... não há fome que não dê em fartura!
Tenho andado com muito trabalho aqui no Colégio e ... a bem da verdade, a fugir um bocadinho aos posts porque não queria falar...
Tinha prometido fechar na gaveta as preocupações com o teu peso até ao dia 25 de Março, altura da consulta com o Dr. Velho. Mas no outro dia estive a ver, por curiosidade, a tabela de percentis da OMS... Pronto, vou dizer, percebi que nem no Percentil 1 estás... Se era suposto não mudar nada na minha tranquilidade, se calhar era. Eu já sabia que não podias estar nem perto do Percentil 5. Mas o que é facto é que, esta simples constatação me deixou de novo inquieta.
A somar a tudo isto, conversas com pessoas que percebem de Doença Celíaca (mamãs de meninos com DC, principalmente) comecei a perceber que fizémos tudo ao contrário. A biópsia deveria ter sido feita assim que tivémos os resultados das análises e antes de começar a dieta. Porque agora não sabemos quanto tempo vai demorar até que, depois de reintroduzido o gluten, se produzam novamente efeitos a nível intestinal; porque vamos ter de permitir-te comer coisas que depois podemos ter de retirar e nesta fase já começa a não ser muito fácil; porque a DC, quando é, é para toda a vida e não desaparecerá como dizem, e atrasar um possível diagnóstico não é a opção mais sensata.
Mas tudo isto sei-o agora. Muita gente duvidará que eu esteja certa. Afinal de contas és seguida por um pediatra... mas precisamente porque até os pediatras desconhecem a doença, mamãs como eu acabam passando informação e entreajudando-se. É mesmo assim.
A pseudo-boa-notícia é que acho que estás a ganhar peso. Já passámos a fase da recuperação da gastroentrite e já te noto mais rechonchudinha outra vez. Mas, pensando nisto, fico ansiosa. Se se voltar a verificar novo aumento de peso de acordo com a tabela de percentis consolidamos ainda mais a hipótese de teres de facto intolerância ao glúten. Mas vamos ter de reintroduzi-lo na tua alimentação. E ainda vamos ter de fazer a biópsia... Andamos a adiar o inevitável.
A minha sorte é que és linda, muito bem-disposta e divertida, esperta que nem um alho, dormes bem e comes lindamente, muito fácil de aturar e na maior parte das vezes nem me lembro que és o meu pisquinho lindo, o meu peso-pluma angelical! Sou a mamã mais babada do mundo!
Pronto, já disse. Já disse o que me vai na alma.

4 comentários:

Anónimo disse...

Muito obrigada pela atenção de ser reposta a vida deste blog que nos vai fazendo matar as saudades da nossa menina. Mas sobre este assunto que nos trás um pouco preocupados, a todos, vamos lá ter um pouco mais de paciência e não dezanimar, afinal temos ou não uma linda, espertalhona, traquina, refilona, reguila e tantas mais coisas boas na nossa Pipoca que amamos tanto!!!!! Pensamento positivo minha linda MAMÂ. Beijocas da avó.

Eli Gee disse...

Sim, avó Celeste, tem razão. Mas mãe é assim mesmo, não é? Não consegue deixar de se inquietar com tudo que, no meu caso, felizmente é "quase nada"... se ela não me preocupasse com isto do peso, não me preocupava com absolutamente mais nada! Ela tem sido um bébé 5 estrelas!

Bjs para a "bá" babada!

*CC* disse...

Oi, as fotos estão lindas!!! E eu não tirei nenhuma... :-(

beijocas
CC & Ruca

Eli Gee disse...

CC querida...:( Também fiquei um bocadinho triste... Mas vou explicar: como já deves ter percebido a minha irmã é enfermeira e ela era suposto estar a trabalhar 2ª á tarde mas... trocou o turno para estar comigo!!! Tadinha, sei bem que essas trocas muitas vezes implicam "pagar" com turnos seguidos e ela é uma irmã querida que eu amo muito!!!

Estou cada vez mais desejosa do nosso encontro e acredita que da proxima oportunidade não o deixarei fugir!!! Lol!!!

E o lindo Ruca, já tem Cartão do Cidadão?