C'est La Vie... au contraire?


Hoje, este post é pessoal. É um desabafo.
Sabes o que tem de errada a lógica da vida? Na altura em que as melhores ideias e em que a probabilidade de as concretizarmos é maior, somos demasiado jovens e as circunstâncias jogam contra nós... depois envelhecemos e novas circuntâncias nos mostram que é demasiado tarde para desafiar a vida: irónico, não?
Como certamente o teu paizola e a tia Carla e a tia Mó se hão de lembrar, há alguns (cinco?) anos atrás, andei a martelar a ideia de abrir uma empresa de Certificação da Qualidade no Ensino pela Norma ISO9001. Não interessa aqui aprofundar o que isso é ao certo. Nunca passou da minha cabeça, tão pouco sequer para uma simples folhinha de papel. Achei que em teoria poderia resultar e ter pernas para andar e contribuir para a melhoria na qualidade do ensino no nosso país e ser rentável como negócio para mim, mas que na pratica eu era demasiado jovem, inexperiente, pouco conhecedora da matéria, cheia de teorias mirambolantes que, provavelmente, em nada se adequavam á realidade.
Hoje, aqui no trabalho, ao passar revista aos mails recebidos, eis que há uma empresa que se propõe fazê-lo aqui no Colégio... A minha ideia afinal não era descabida, tinha até rodas para andar... Alguém já tem um 2 cavalos na estrada (2 colégios já aderiram e talvez até mais empresas já estejam a trabalhar nisto e eu desconheço) e quem sabe não mesmo um comboio, com aspirações a avião...
E o meu chão, hoje, estremeceu um bocadinho... que outras ideias terei desperdiçado?
À laia de conclusão, espero que leias, um dia mais tarde, estas minhas palavras a tempo de empreender um sonho, seja ele qual for... ser demasiado jovem é, talvez, uma ilusão. Espero sempre ser capaz de acreditar em ti, como sinto que não o fiz comigo propria, neste como em muitos outros assuntos, e incentivar-te. Não te esqueças.
Hoje sou o cientista que se esqueceu de patentear a sua invenção. É pacífico que sou feliz como sou. Que não há um pingo de frustração... talvez só mesmo alguma desilusão. Que se perderá também ela, por certo, na vertigem dos dias...
E esta foto, também ela hoje, está carregadinha de simbologia... hihihi!

8 comentários:

nur disse...

é porque nao tinha de ser...mas percebo a "desilusão".
a foto, está...deliciosa ;)

Eli Gee disse...

É não é...?!

e depois dicutimos Deus e o Destino e seja quem lá anda pr'ai a mexer os cordelinhos, independentemente de acrediatrmos ou não... Por certo já temos a nossa vida traçada antes de nascer e mesmo o que não parece fazer muito sentido, faz TODO o sentido do mundo! ;)

Aproveita a foto, ehehe!!!

Mamã Diabrete disse...

Muitas outras terás desperdiçado, esta é a realidade. Faz parte da aprendizagem e das nossas vivências. Muitas vezes não ouvimos o nosso sexto sentido e depois temos desilusões. Mas nem tudo é mau. Livraste-te de muitas chatices é o que é. E, como disse a Nur, não foi porque não tinha de ser.
(desculpa o nome, mas é por causa do blog da Ju)
Lanuga, para os amigos ;)

Carla disse...

Já te perguntaste se o ser tarde de mais não será apenas uma desculpa para te manteres na tua zona familiar e para não partires à aventura?

É essa a ideia que tenho, e sei que - pelo menos comigo - é isso que acontece,qualquer coisa serve de pretexto para evitar dar o tal passo ou porque dá muito trabalho ou por medo de não estar à altura.

bjs

Eli Gee disse...

Li o que escreveram, Lany e Caalex, mais do que uma vez... parece impossível como cada uma de vós (Nur incluída) têm razão mesmo não parecendo concordar no essencial...

e Caalex... sei que é mesmo uma desculpa... já que sou feliz como sou e tal... bem, arriscar não é comigo e a zona familiar de conforto agrada-me muitissimo, posso controlá-la melhor;)

Carla Pedro disse...

Oh pipoquinha... sabes o que te diz a tia Carla P???
Diz que a tua mamã é uma carolas do catrino, mas que não se convence que ou assume de uma vez por todas que foi feita para vôos mais altos e agressivos (tipo falcão) ou foi feita para vôos rasos (tipo galinha... pronto, vá, estava a tentar fazer uma alusão à mãe-galinha sem ser muito descarada....).
Ambos são importantes e fazem falta... nenhum é melhor que o outro. No fundo é uma questão de opções!!!
E a tua mamã que é uma criatura racional e altamente racionalizante pensa bem na vidinha para os outros, mas a dela prefere "apenas" vivê-la! E que bem que ela faz, diz a tia Carla P.! Até porque sabes que mais... a ideia posta no terreno já não será um original Eli GG, mas se a mamã quiser ainda está bem a tempo de meter mãos à obra. Mas porque é que eu desconfio que daqui a outros 5 anos vou receber outros phone call a dizer "Mugaaaaaaaaaaaaa, sabes que já há 15 empresas em Portugal a trabalhar na ISO 9000 nas escolas??? E eu que não fui a primeira, mas também não sou nenhuma das outras 14?!"
Ai muguita, quem não te conheça...
Zuba especial, cheia de mimo porque apesar de tudo percebo a desilusão!!! Tadoro!!!

Carla Pedro disse...

E diz à mamã que para a próxima quero uma foto de um ananás, caso contrário não há mais testamentos da Carla P. neste caderninho!!!

Eli Gee disse...

Estão prometidos os merecidos ananases para uma velha amiga que me conhece tão bem...

Obrigada pelas tuas palavras á Pipoca, que o recado entendi-o muito bem... quem sabe não caio em mim um dia destes e voo mais alto sem medo da queda...

Ou não

Que pelo menos tenha a certeza de te poder telefonar (ou qualquer coisa ainda mais sofisticada)daqui por outros muitos 5 anos já é uma enorme razão para sorrir, mais desilusão menos desilusão na vida!!!

Grande zuba e obrigada pelas tuas palavras, querida Muga Carla P.!