Avante, avante... hum... não! Arrête!!!


Pois... próximo fim-de-semana tem lugar a Festa do Avante, na Atalaia, como habitualmente acontece, todos os anos, no primeiro fim-de-semana de Setembro. No ano passado, por razões óbvias, não fomos e eu deixei a promessa de voltarmos lá este ano, desta vez, contigo! Mas o teu paizola não acha viável que vás conosco (porque és uma chata de primeira e nem compras conseguimos fazer contigo sem haver birrinhas, quanto mais...!), muito embora eu até ache que é possível. É ao ar livre, tem muitas pessoas e música e espaços relvados onde podias andar e treinar os passinhos, com o carrinho pequeno da tia Guida e tal... Bem, sou eu que acho isso e não quero forçar as coisas, não vá correr mal e depois ficarmos todos aborrecidos! Por isso, a alternativa seria deixar-te com a avó Celeste e o avô Narciso. Mas... EU NÃO ME APETECE!!! Oh... é um dia inteiro sem ti e não sou capaz. Para estar lá, sempre com o pensamento em ti, a saber que me só me resta um domingo para estar contigo, que depois é uma semana inteira a trabalhar, longe de ti... não, não pode ser. O paizola que me desculpe, os avós que haviam de adorar passar o dia contigo que me desculpem. Mas não consigo.
Não sou mãe galinha. Quem me conhece sabe que não faz o meu género. Por exemplo, não me preocupa minimamente deixar-te com os avós ou com outras pessoas de confiança e, se o fizer, nem penso mais se estarás bem ou mal até á hora de te reencontrar; não passo as noites a caminho do teu quarto para te aconchegar a roupa e nem nunca ando de prevenção atrás de ti com medo que caias e te magoes (sendo óbvio que elimino do teu caminho possíveis obstáculos e elementos de perigo). Mas isto não faz de mim uma mãe mais desapegada... digo-o com algum desassossego porque acho que até poderia ser bom, mas... facto é que eu gosto demasiado da tua companhia, de brincar contigo, de te adormecer no colo, de te mimar, de te observar e estudar os comportamentos... não existem muitas coisas pelas quais troque a tua companhia, neste momento. A seu tempo, e aos poucos, isso mudará, estou certa.
Bem... deixa-me voltar ao trabalho... tenho imenso que fazer.

2 comentários:

Tia Mó disse...

Olá bébé!! Tou cheia de saudades tuas!! Estou precisada do teu colinho, portanto prepara-te porque no domingo vais ter uma daquelas sessões de tia chata a massacrar-te com beijinhos!!

Eli Gee disse...

Tia Mó, temos de conversar melhor isso de precisares do meu colinho... eu do alto dos meus 67cm e 7kg de peso não estou a ver muito bem como te vou dar colinho mas... ufa, vou tentar! Hihihi!!!

Beijinhos da Pipoca (e da mãezola que está perdida de riso, ehehehe!!!)